Conheça: A moda sem gênero da Canarito

Algumas vezes é difícil acreditar que Mato Grosso do Sul faz moda autêntica e de qualidade, mas a verdade é que tem muita gente por aí realizando um trabalho bacana e investindo em moda. É o caso da Canarito, uma marca de apenas 6 meses, comandada pela Lúcia Lemos.

Um dos grandes charmes da Canarito é seu estilo genderless – sem gênero – de fazer moda. O carro chefe da empresa são camisas estampadas que vestem homens e mulheres, sem distinção. As regatas, tops, camisetas e kimonos produzidos pela marca também são pensadas para todos os gêneros. A modelagem foi feita para se adaptar às formas de quem as usa. “Eu sempre visitei o armário da família inteira, pra mim foi muito natural produzir peças que possam passear entre o universo feminino e masculino”, explica Lúcia.

Os preços são ótimos para quem quer investir em consumo consciente e comprar de quem faz. Variam de R$68 até R$148 para as camisas, peças mais caras da coleção.

Para exemplificar a moda sem gênero usada pela Canarito, as campanhas de moda da marca misturam homens e mulheres vestindo as mesmas peças. “Eu sempre procuro mostrar a diversidade. Para a campanha que estamos preparando vamos ter modelos trans, homens, mulheres, todo mundo usando a mesma moda”.

As estampas da marca são um charme a parte. Cada uma delas foi criada por um artista convidado e desenvolvida pela própria Lúcia até se tornar estampa. Mais de 12 artistas já contribuíram com a marca. São estampas que lembram Mato Grosso do Sul, outras nem tanto, mas que sempre expressam a personalidade de quem as criou. “Estampamos a nossa arte e de diferentes artistas em rolos de tecidos e malhas, depois criamos peças com modelagens modernas e funcionais, tendo como carro chefe nossas camisas. Todas as estampas são feitas de forma colaborativa. É uma grande troca”.

Além da coleção adulto, os pequenos também pode aproveitar as peças da Canarito. São camisas e camisetas de modelagem infantil trazendo as estampas desenvolvidas. Dos retalhos, a ONG  Arteiras IDE criam diversos produtos vendidos pela marca e com renda revertida para a ONG.

 

A cada dois meses uma nova estampa é lançada e todo o processo é realizado no MS, com exceção da estamparia que é feita em uma fábrica de pequeno porte no interior de São Paulo. São cerca de 6 costureiras que trabalham de casa realizando a produção da coleção.

Quem curtiu a marca pode seguir por aqui:

Site: http://canarito.com.br/

Instagram: @Canaritobr

Facebook: /canaritobr

Comentários

Josiane Paganini

Josiane Paganini

Uma aprendiz de feminista. Uma garota tentando ser a mulher que sonhou. Escorpiana cheia de manias e desejos.

No Comments Yet

Sem comentários

Recentes pins
dreamy pink kimono
Hello beautiful. 201
Capitão Zeferino por
Newsletter

Redes Sociais

 

Desconstruindo estereótipos de Mulherzinha

Siga-nos